Poupança não é investimento

 

Como Funciona o rendimento da poupança?

 

Até a data de 04/05/2012, a caderneta de poupança rendia 0,5% ao mês + a TR (Taxa Referencial). O que dá em média, 6,5% ao ano.


A partir desta data, todos os depósitos efetuados em poupança, passam a render da seguinte
forma:
           a) Taxa SELIC maior que 8,5% ao ano –> Poupança rendendo 0,5% ao mês + TR.


           b) Taxa SELIC igual ou inferior a 8,5% –> Poupança rendendo 70% da SELIC + TR.


Vale ressaltar que, quem possui algum valor aplicado na poupança, depositado antes de 04/05/2012, continua recebendo 0,5% + TR, independente da SELIC. Porém, os depósitos realizados após esta data, seguem a nova regra, que altera a rentabilidade, de acordo com a Taxa Básica de Juros.


E como você saberá o rendimento da sua reserva, se a SELIC estiver igual ou menor que 8,5%?

 

Vale a pena investir na poupança?

 

Se você for começar AGORA, não. Se você já tiver algum valor, que foi depositado antes da nova medida, depende.


Você pode abrir uma conta poupança e depositar os valores nela para se acostumar a poupar, e fará isso economizando pequenos gastos desnecessários.

 

Como são valores pequenos e picados, não seria viável depositá-los em outro tipo de investimento. Para o “pontapé” inicial que você deu, a poupança é muito útil e simples de usar. Porém, acumulada certa quantia, você deve pesquisar melhores alternativas de investimentos.


Vamos à análise da rentabilidade da Caderneta de Poupança:


Em maio de 2015, com a SELIC em 13,25% ao ano, ela rende seus 0,5% ao mês + TR. Uma média de 6,5% em um ano.


Isso significa que, se você depositar R$1.000,00 e deixar rendendo por um ano, ao final, terá um montante de R$1.065,00.


E você sabe em quanto está a inflação acumulada em 12 meses?


8,17% segundo o IBGE.
 

Isso significa que, se você comprava um Celular com R$1.000,00 a um ano atrás, por exemplo, hoje você precisa de R$1.081,70 para comprar o mesmo aparelho.

 

Se o seu dinheiro estivesse na poupança nestes últimos 12 meses, você não compraria hoje, o celular que deixou de comprar quando o aplicou. Seu poder de compra se deteriorou.

 

Com a inflação no patamar atual, a poupança está dando retorno NEGATIVO de quase 2% ao ano.Justamente porque seu rendimento não consegue sequer, empatar com a inflação.

 

Imagine um porquinho. Você coloca moedas lá por vários meses, depois começa a retirá-las devagarinho. É exatamente o que acontece com seu capital investido na poupança hoje. Cada mês que passa, você tem um pouco menos…

 

Mas e se minha poupança for anterior a 04/05/2012?

 

Neste caso, cabe a você avaliar se vale ou não a pena. Você pode:


     - Correr o risco de sacá-la para investir em outra renda fixa, com maior retorno.


     - Esperar, mesmo perdendo rentabilidade, até que a SELIC fique novamente abaixo dos 8,5% ao ano, e a inflação fique na META de 4,5% ao ano.


Apenas a título de informação, o Banco Central espera atingir o TETO da meta da inflação (6,5%), somente no final de 2016. Isso significa que, as perspectivas de diminuição da inflação, ainda são para longo prazo e muito incertas, devido à delicada situação do país, e à gestão “atrapalhada” da nossa economia.


E saiba que, mesmo se a SELIC estiver abaixo de 6,5%, sempre existirão alternativas de investimentos com maior rentabilidade. Seja na renda Fixa, ou na Variável. Por isso eu disse que VOCÊ é quem deve avaliar os riscos, caso tenha algum valor aplicado na poupança, anterior à mudança nas regras dela.


E onde você pode investir, para conseguir uma rentabilidade que supere a inflação, e lhe traga retorno, sem correr riscos?


São muitas opções:

Ouvidoria XP Investimentos

Caso a sua reclamação não tenha sido solucionada pelo agente de investimentos responsável ou pela nossa Central de Atendimento, recorra à Ouvidoria da XP.

Tel.: 0800-722-3710 - Dias úteis de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.